Sobre a arte de fazer arte | Bianca Sousa | Site Oficial

Sobre a arte de fazer arte



Lá pros meus 12 anos assisti a um making off de Harry Potter e a pedra filosofal, na antiga MTV Brasil, e desde então me apaixonei por cinema. Já naquela idade, decidi: vou ser cineasta!

Nem preciso dizer que o sonho de menina não vingou, mas de lá para cá conheci outros tipos de arte e virei amante de todas elas. Hoje, sou escritora.

Amo o que faço e se não tivesse passado por outros momentos anteriormente, talvez não estivesse aqui agora. Fato é que minha paixão pelo cinema aos 12 anos foi meu primeiro motivador para a arte. Lembro de quando vi o trailer do filme japonês A viagem de Chihiro de Hayao Miyazaki, fiquei enlouquecida para assistir. Mas por se tratar de um filme alternativo, e eu ser praticamente uma criança na época, não tive acesso ao cinema que passava o filme. Consegui ver esse filme só agora, aos 25 anos. (Ainda bem!)


Se tivesse assistido A viagem de Chihiro aos 12, teria ficado assustada e não teria entendido nada! Todas as referências e metalinguagens... aquele filme é uma obra de arte! É também uma história de terror (para crianças que não dão valor aos seus pais) com uma trilha sonora digna de obras eruditas complexas (outra arte que aprendi a amar durante os anos).

Mas o que quero dizer é apenas que: a inspiração vem de onde menos se espera. Quando a gente é artista, tudo o que sentimos e experimentamos é multiplicado à máxima potência - por que mente de artista é assim, -  uma enxurrada de cores, formas e sabores que ficam impressas na alma, à espera do momento certo de eclodir, cada um à sua maneira, arte em sua forma mais pura.

E assim, a arte que você faz hoje, fará diferença para alguém.

Nunca poderemos imaginar até onde um texto, uma foto, uma música criada por nós poderá fazer a diferença na vida de alguém. Então não pare. Não desista. Mesmo quando tudo for difícil e parecer impossível, pois quando se faz com amor é possível ultrapassar tudo, até mesmo as barreiras do tempo.

***

Para os curiosos, coloquei o link das referências no texto.
Prometo vir com mais referências para vocês! ;)

Bianca Sousa

Escritora. Fantasia e Romance. Autora de "Eterna: o som do amor", "Eternamente sua", "O canto do cisne" e "O dia que o Sol não nasceu".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, obrigada por passar aqui!