Happy Halloween | Bianca Sousa | Site Oficial

Happy Halloween


"Sozinha e deslocada no meio dos pares que dançavam, Cecília sentiu os olhos umedecerem assim que percebeu que era a Valsa das Flores. Arregalou bem os olhos e respirou fundo para evitar borrar a maquiagem super elaborada que Pati fizera.
Teve a atenção desviada quando um homem elegante de fraque preto e máscara branca, que cobria mais da metade do rosto, cruzava decidido a multidão em sua direção. Havia algo de íntimo e sensual na maneira como ele a encarava. E, embora estivesse mascarado, e ela um pouco alta pela única tequila, não havia como confundí-lo com mais ninguém.

Bernardo era único.
Sem pensar duas vezes, Cecília começou a atravessar o salão para encurtar a distância entre eles. Esbarrava com deselegância nos pares que dançavam e pedia desculpas aqui e ali.
Quando chegou perto o suficiente para aceitar a mão estendida em forma de convite à dança, o toque dele foi gelado em sua pele.
— Você... — ela começou, mas Bernardo a olhou de modo a pedir que não quebrasse o encanto.
Habilidoso, rodopiou com ela fazendo-a se esquecer de onde estavam e das pessoas ao redor. Só o que importava era que a música não acabasse.
Passaram por uma das grandes janelas do salão que escancarava uma lua enorme de tão cheia e um céu escuro de pano de fundo. Foi quando lhe ocorreu: “Vai ver ele é um milagre. Um milagre feito de luz.”
Se pudesse compará-lo a algo, seria como uma daquelas flores selvagens das quais só se ouvia falar, mas que nunca realmente eram vistas. Ele era uma lenda. Desejado, invejado e amado. Tudo na mesma proporção. Agarrou-o forte então, numa tentativa de posse pela descoberta nada científica." 

Trecho do livro Eterna: o som do amor 

Bianca Sousa

Escritora. Fantasia e Romance. Autora de "Eterna: o som do amor", "Eternamente sua", "O canto do cisne" e "O dia que o Sol não nasceu".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, obrigada por passar aqui!