#Semana Eterna / Dia 6 - Sobre luto e saudade | Bianca Sousa | Site Oficial

#Semana Eterna / Dia 6 - Sobre luto e saudade



A morte de Bernardo deixou cicatrizes e feridas abertas em muita gente. Família, amigos e o amor de sua vida que nem chegou a conhecer! À sua maneira, cada um lida com a morte dele como pode. Para falar a verdade, nenhum deles digeriu bem a situação, principalmente por se tratar de um assassinato ainda em aberto. Pedro, o melhor amigo de Bernardo, é o que mais se culpa pela morte do amigo. Ele acredita que poderia ter evitado a tragédia de alguma forma. Vários “e se” o atormentam até hoje.

Quanto aos pais de Bernardo, se distanciaram muito após a morte do filho, mas a descoberta de um segredo pode pôr a perder o casamento de anos.

A família de Cecília que se desmanchou após a morte do pai, trabalhador honesto e otimista. A mãe caiu em depressão e sobrou para os três filhos, Antônio (Tito), Patrícia (Pati) e Cecília (Ciça) se reerguerem, cada um à sua maneira. Por serem diferentes demais acabam por se afastar, o que para eles foi bom de certa forma, pois, precisavam desse tempo para si, para se recompor, cicatrizar e entender o que lhes acontecia, e, principalmente, como seguir com a vida depois disso. O reencontro dos irmãos se deu quando eles estavam prontos. Nem antes, nem depois. E é nesse momento que os irmãos se reencontram com o passado deles, indo até a casa dos pais para escolher o que cada uma ia ficar. (Essa cena é bonita e tocante, na minha opinião), eles entram juntos na casa intocada e poeirenta, de mãos dadas, tomam cuidado com um piso que sabiam estar quebrado. Veem os móveis cobertos por lençol e uma fina camada de poeira e é inevitável não lembrar de tudo que viveram. O que cada um leva consigo diz muito sobre a personalidade de cada irmão.

Mas o principal nos dois casos: a morte de Bernardo e a morte dos pais de Cecília, é que não importa quanto tempo passe, o amor é eterno, embora o corpo não seja.

COMPRE AGORA:




Bianca Sousa

Escritora. Fantasia e Romance. Autora de "Eterna: o som do amor", "Eternamente sua", "O canto do cisne" e "O dia que o Sol não nasceu".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, obrigada por passar aqui!